Esqueci minha senha
Cadastrar-me
acesse a área do ouvinte
Buscar
OUÇA AO VIVO
Notícias
28Ago

Casal de idosos é morto em sítio de Simão Pereira

Postado por Jornalismo – Editor Chefe

Um casal de idosos foi encontrado morto no sítio em que morava na localidade de Souza Aguiar, Zona Rural do município de Simão Pereira, a cerca de 20 quilômetros de Juiz de Fora. De acordo com informações da Polícia Militar, o corpo de Petronilha da Silva Pinto Maia, 66 anos, foi achado por parentes, no fim da noite de terça-feira (27), em uma horta nos fundos da residência. Ela estava caída de bruços, com um ferimento na nuca. Peritos da Polícia Civil estiveram no local, mas não conseguiram identificar qual objeto teria causado a lesão, devido ao estado avançado de decomposição. Policiais militares da 33ª Companhia, com sede em Matias Barbosa, percorreram a propriedade e só na manhã desta quarta-feira (28), por volta das 7h, localizaram o corpo do marido da vítima. Dilermando Pinto Maia, 65, estava em uma área de mata a cerca de 600m de distância da casa. Ele foi encontrado na mesma posição que a esposa e também com ferimento próximo à cabeça.

Conforme um dos policiais que acompanharam a ocorrência de duplo homicídio, cabo Sávio Fasseber, a suspeita é de que o casal foi morto cinco ou seis dias antes de os corpos serem localizados na propriedade rural, considerada de difícil acesso. "Eles eram de Três Rios (RJ), mas depois que o senhor se aposentou, mudaram para o sítio, entre seis e oito anos atrás. Eles costumavam almoçar aos domingos na casa da filha (na cidade fluminense), mas não compareceram no último fim de semana. Ela começou a ficar preocupada, porque também não estava conseguindo falar com os pais por telefone, e o marido dela foi para Simão Pereira na segunda-feira." Ainda segundo o policial, em uma primeira visita à localidade, o genro das vítimas não encontrou os moradores. Na terça, ele retornou com outro familiar, dando início às buscas.

De acordo com o cabo Fasseber, apesar de a residência não estar revirada ou com sinais de arrombamento, a hipótese de latrocínio (roubo seguido de morte) não foi descartada. Os militares encontraram apenas o título de eleitor da idosa, e não localizaram a carteira com documentos do homem. Familiares relataram aos policiais que desconheciam qualquer ameaça sofrida pelo casal e também não souberam apontar o que poderia ter motivado o duplo assassinato. Após os trabalhos periciais, os corpos das vítimas foram levados para necropsia no Instituto Médico Legal (IML) de Juiz de Fora. O caso será investigado pela Polícia Civil.

LER TODAS AS NOTÍCIAS

Rádio Vivo

com Marcelo Juliani , Cláudia Figueiredo
das 08:00h às 12:00


PUBLICIDADE
Newslleter
Preencha abaixo receba nosso informativo com novidades e promoções
PUBLICIDADE

32 3215-2120
Solar Comunicações S/A
Rua Espírito Santo, 95 . Poço Rico . CEP: 36020-000 . Juiz de Fora - MG